Celebrar para não esquecer
Castiel Vitorino Brasileiro, 
Realizada na abertura de minha primeira exposição individual ‘O trauma é brasileiro ‘
Vitória-ES, 2019



Família Brasileiro



Os bolos de aniversario sempre foram feitos pela minha avó julite 


Semana que vem faço aniversario, semana passada comemoramos a abertura de minha primeira exposição individual. E na sexta feira agora, faz 6 meses que meu avô Bininho morreu. E nessa sexta minha prima-irmã completa 21 anos. Quando nasci em 1996, ja era um inicio de inverno na Fonte Grande. Bininho nasceu de parteira, no alto do morro, e eu nasci da lua. Nasci de minha mãe Ingrid, de minhas avôs Julite e Éda, de minha tia Tati e da lua crescente. Nasci no hospital mas antes nasci nas matas do meu cacoblo. Eu nasci quando meu caboclo me lembrou do que tentei esquecer. E quando lembrei, ja não era mais Gabriel. Mas não deixei de ser. Quando nasci ontem, hoje eu acordei forte. Até o dia 26 de junho, parece que irei nascer todos os dias. E se nasci então antes morri. A morte é isso mesmo, um nascimento.



Castiel Vitorino Brasileiro
Celebrar para não esquecer
Ação 
Vitória
2019
 



Produção e montagem Castiel Vitorino Brasileiro, Tatiane Loureiro Brasileiro, Julite Loureiro Brasileiro, Larissa Brasileiro, Felipe Gomes.