Castiel Vitorino Brasileiro.. Artista visual, macumbeira e graduanda em Psicologia na Universidade Federal do Espírito Santo. Pesquisa e inventa relações em que corpos não-humanos se
desprendem das amarras da colonialidade. Compreende a macumbaria como um jeito de corpo necessário para que a fuga aconteça. Dribla, incorpora e mergulha na  diáspora Bantu, e assume a vida como um lugar perecível de liberdade.

Idealizadora do projeto de imersão em processos criativos decoloniais Devorações.

Mora em Vitória/Espirito Santo - Brasil.

Exposições coletivas

Experiências Impares 
Galeria Virginia Tamanini. Curadoria de Felipe Lacerda e Rosana Paste
Vitória, 2019

Matriz colonial
Cartel 001
São Paulo, 2019 

Aqui foi o Quilombo do Pai Felipe 
Exposição virtual no site Buala.org
Curadoria de Jota Mombaça.
Disponível em http://www.buala.org/pt/galeria/aqui-foi-o-quilombo-do-pai-felipe
2019

In.corpo.rar: exposição viva.
Galeria do Centro de Artes UFF
Curadoria de Carolina Galhardo, Leticia Santana, Morgana Côrtes, Talí Ifé, Tatiana Nunes
Niteroi/RJ, 2018

Atos de Mover 
Centro de Artes e Comunicação — CAC/UFPE 
Recife/PE, 2018 

Ver o invisível, dizer o indizível
Valongo- Festival Internacional da Imagem. Curadoria de Tarcísio Almeida e Diane Lima 
Santos/SP, 2018

Malungas
Museu Capixaba do Negro 'Verônica da Pas'
Curadoria de Rosana Paulino
Vitória, 2018

Davisuais
Galeria de Arte e Pesquisa
Vitória, 2017

Ca Entre Nós
OÁ Galeria - Arte Contemporânea
Vitória, 2017

Corpo expandido
Aliança Francesa
Vitória, 2016

Degelo Tropical
I Fórum Acadêmico de Artes
Universidade Federal do Espírito Santo
Vitória, 2016

Davisuais
Galeria de Arte e Pesquisa
Vitória, 2016



Ações em espaços institucionais de arte

Romaria dos Testículos femininos 
Junto com Felipe Lacerda, Napê Rocha, Roger Ghil e Matheus Sampaio
Durante a abertura de minha primeira exposição indiviudal “O trauma é brasileiro” 
2019

Como se preparar para a guerra
I Seminário Afronta — Compartilhando Saberes e Afetos. Museu Capixaba do Negro.
Vitória
2017

Ode à bixa-preta
1º Marcha do Orgulho Crespo
Vitória, 2017

Experiências de Jardins
Junto com Kim Cavalcante
Red bull Station, durante o programa de imersão AfroTranscendence 
São Paulo, 2016

Novos Ancestrais
Junto com Iwintolá, Janaina Barros, Rincón Sapiência e Thiago Miranda
Red bull Station, durante o programa de imersão Afrotranscendence
São Paulo, 2016



Residências


Fabrica.Lab 2017
Vitória, 2017



Imersão Artística


Cápsula
Museu Capixaba do Negro 'Verônica da Pas'
Vitória, 2017

AfroTranscendence
São Paulo/SP 2016

Residência no ateliê de Rosana Paulino
São Paulo/SP, 2018

Valongo Festival 2018
Santos/SP, 2018




Cusos/oficinas ministradas
2019

Curso Estéticas Macumbeiras na Clínica da Efemeridade
Turma 03: Vila das Artes
20 horas
Fortaleza/CE

Curso Estéticas Macumbeiras na Clínica da Efemeridade
Turma 02: Colabirinto, em parceira com Lastros - Grupo de Estudos
9 horas
São Paulo/SP

Curso Estéticas Macumbeiras na Clínica da Efemeridade
Turma 01: Universidade Federal do Espírito Santo, em parceria com o Núcleo de Estudos e Pesquisas em Subjetividade e Política
15 horas
Vitória/ES

Um corpo para o futuro
Oficina desenvolvida para o projeto “Imagens e subjetividades negras” do coletivo FotoMelanina.
9 horas
Vitória/ES
 



Matinha Devoradora
Imersão de dois dias sobre estudos decolonais e produção de fantasias para o desfile do bloco carnavalesco Amigos da Onça
Vitória/ES

Minha existência pesa mais que uma palavra
Oficina de psicologia corporal, realizada durante a exposição Malungas, sob curadoria de Rosana Paulino 
3 horas de duração
Museu Capixaba do Negro
Vitória/ES

2018
Imersão Artísticas “Devorações”
  • Descolonizando Prazeres e Desejos / 4 horas
  • Cartas aos Femininos - 4 horas
  • Produção do Dicionário Antropofágica - 4 horas
Vitória/ES

2017
Desmontagem com Coletivo Kuirlombo
Raiz Forte
Vitória/ES

2016
Subvertendo a animalização do corpo negro
Raiz Forte
Vitória/ES

Falas/Palestras 

2019

Os Tempos, o  invisivel e a Cura.  
Organizada pelo Laboratório de Arte Contemporânea (PPGArtes - UFC)
Fortaleza. 
Auditório Rachel de Queiroz, no Centro de Humanidades II da Universidade Federal do Ceará. 
Fortaleza/CE. 

Viabilizar para visibilizar
Organizada pelo Conselho Regional de Psicologia/CRP 16
Vitória/ES

Conversações
Ocorrida na mostra "Videografias do corpor"
Organizada pela Galeria Homero Massena
Vitória/ES

A intersecionalidade dos corpos negros
I Formação Papo Reto com a Juventude Negra
Vitória, ES


Curandeirismo profanos
CASA 1 em parceira com o Grupo Lastros - Intercâmbios Livres em Arte.
São Paulo/SP

2018
Corpo-flor
Organizado pelo Cineclube Afoxé na programação Encontro das Pretas Potências - Epicentrando os Movimentos
Auditório do Parque Botânico Vale.
Vitória/ES

Bixalidade e Negritude
Semana da Assistência Social, organizada pelo centro acadêmico de Assistência Social da Escola Superior de Ciências da Santa Casa de Misericórdia de Vitória (Emescam).
Vitória/ES

Negritudes em cura
Exposição Malungas, curadoria de Rosana Paulino
Museu Capixaba do Negro
Junto com a benzedeira Yasmim Ferreira.
Vitória/ES

2017
Literatura Queer
Centro Cultural Sesc Glória, 2h - Vitória/ES


Ressignifica: diálogos de raça e diversidades
Organizado pela Secretaria e Cidadania e Direitos Humanos
MUCANE - Museu Capixaba do Negro
Vitória/ES

2016
Pessoas Trans e Produção
Semana Calórica de Psicologia, realizada na Universidade Federal do Espírito Santo. Organizada pelo Centro Academico de Psicologia.






Publicações


2018

BRASILEIRO, Castiel Vitorino; Devorações: descolonizando corpos, desejos e escritas. 1. ed. Vitória:, 2018. 96p. Disponível em https://issuu.com/devoracoes/docs/devora_oes_para_net

BRASILEIRO, Castiel Vitorino. Atlântico Negro. Publicado pelo Coletivo AEANF, vendido na feira Feira Tijuana. São Paulo, SP.

RODRIGUES, A.; BRASILEIRO, C. V.; ZAMBONI, J.; FERREIRA, M. S.; ROSEIRO, S. Z. Deslocamentos crianceiros, conversas transviadas: coisas da educação e de afirmação de uma vida que importa. CHILDHOOD & PHILOSPHY, v. 14, p. 407 a 426-426, 2018.

RODRIGUES, A.; ALVN, D. M.; ZAMBONI, J.; BRASILEIRO, C. V.; ROCON, P. C.; ROSEIRO, S. Z. No entre-lugar da criança (des)viada e (des)avisada: a língua afiada corta e nos faz criançar. REVISTA PERIÓDICUS, v. 1, p. 192-2018, 2018.

RODRIGUES, A.; BRASILEIRO, C. V.; ZAMBONI, J. No entre-lugar do corpo, gênero, sexualidade e raça: encontros com outras crianças e infâncias. Revista Brasileira de Estudos da Homocultura (ReBEH), v. 1, p. 29-46, 2018.

RODRIGUES, A.; ZANOMI, S. ZAMBONI, J BRASILEIRO, C. V.;.  “A ficção de um currículo em que as bichas não podem ser crianças” no livro Educação, comunicação, cultura e diferença”. Vitoria: Pedregulho Editora, 2018.

BRASILEIRO, CASTIEL VITORINO;  Devorações: descolonizando corpos, desejos e escritas. 1. ed. vitória: , 2018. 96p. Disponível em https://issuu.com/devoracoes/docs/devora_oes_para_net


2017

"Estou me costurando" - Cartola Mag, edição Identidade.

“Pele de pétalas” - Catálogo projeto Cápsula disponível em https://issuu.com/menotti/docs/catalogo_capsula_2017

"Resquícios de um corpo-flor" - Coletânea Afro-Tons de Expressões Artísticas de Mulheres Negras No Espírito Santo.

Crianças bichas demasiadamente fabulosas. REVISTA INTERINSTITUCIONAL ARTES DE EDUCAR, v. 3, p. 10-25, 2017.

  MANUAL DE USO DA GRANDE VITÓRIA |para&por corpos negros-bixas. Disponível em: https://issuu.com/kuirlomboterrorista/docs/manual-de-uso-livro-digital




Clipping


2019

Prêmio Pipa — Indicação para o Prêmio Pipa 2019
http://www.premiopipa.com/castiel-vitorino-brasileiro/

Exposição cruza psicologia, arte e curandeirismo para aliviar traumas
https://www.gazetaonline.com.br/entretenimento/cultura/2019/06/exposicao-cruza-psicologia-arte-e-curandeirismo-para-aliviar-traumas-1014184802.html?fbclid=IwAR3bfBxaDJmUtLJKmInwO80mRyKI5Mf908QVcQDzyXo9nvbyMifJicpxREY

Artista propõe experiências clínicas para promover a cura do racismo
http://eshoje.com.br/artista-propoe-experiencias-clinicas-para-promover-a-cura-do-racismo/?fbclid=IwAR0Nh5cuxEyOLy3mKn2gprXv365qTDl7oMEKlHsKN43U2ArJ3NHDvUtxiMk

Arte, psicologia e curanderismo para curar do racismo
https://seculodiario.com.br/public/jornal/materia/arte-psicologia-e-curanderismo-para-curar-do-racismo?fbclid=IwAR0_1jC1RdBHAoKQXPVQ9_K1LAzyMkQ6DiuMi7yFraY7FZwS0XeONNaNIec

Artista propõe experiências clínicas para promover a cura do racismo
https://dnaurbano.com.br/component/content/article/28-conteudo/eventos/1070-artista-propoe-experiencias-clinicas-para-promover-a-cura-do-racismo?Itemid=101&fbclid=IwAR0fO0sAGl5poJYfCPtuBO2qSdeo_41UOLuL10LmZQrVOaGNi6UwwuAM__I



2018

Vice — Conheça três artistas brasileiros queer reivindicando suas raízes africanas
https://www.vice.com/pt_br/article/zmd4ba/conheca-tres-artistas-brasileiros-queer-reclamando-suas-raizes-africanas

Geledés — Atlântico negro por Castiel Vitorino Brasileiro
https://www.geledes.org.br/atlantico-negro-por-castiel-vitorino-brasileiro/

RedBull Station — Dúdús: A desobediência epistêmica, a partir de 3 obras de artistas negros
https://www.redbull.com/br-pt/dudus-A-desobediencia-epistemica-a-partir-de-3-obras-de-artistas-negros

Prefeitura Municipal de Vitória —Mucane recebe exposição "Malungas", que discute o corpo afropoético
http://vitoria.es.gov.br/noticia/mucane-recebe-exposicao-malungas-que-discute-o-corpo-afropoetico-30952

Atitude Inicial — AFROPOTÊNCIAS #3, A arte feita por negros na frente e atrás das câmeras https://www.atitudeinicial.com.br/2018/08/27/afropotencias-3/

Valongo —Festival Internacional da Imagem
https://valongo.com/colaboradorxs/castiel-vitorino-brasileiro

Revista Select — Coabitar as ruínas do Valongo
https://www.select.art.br/coabitar-as-ruinas-do-valongo/

RedBull Station —Dúdús: As obras da mostra Matrix Colonial comentadas pelo curador
https://www.redbull.com/br-pt/dudus-exposicao-matrix-colonial?fbclid=IwAR0Tmdbnw_fUylhLYB0AfGgOfhQtBnLF4moTU6CCUDop0xD3gDKxIzbCJEQ